Patrocinadores

Essas patrocinadores apoiam os nossos projetos atualmente:


O Rotary Club Vila Antonieta financia um projeto no Instituto Mater Dei, que cuida de pessoas com necessidades especiais.


A Fundação Cargill apoia o Projeto Hortas Escolares em Porto Ferreira/SP e Ponta Grossa/PR através de seu programa “de grão em grão“.


A empresa de biotecnologia Biogen financia uma horta escolar em São Paulo.

Cooperações

Trabalhamos em parceria com esses parceiros para beneficiar mais pessoas através de nossos projetos, para nos conectar a redes internacionais e para buscar novas soluções para os problemas existentes.


Há uma cooperação estreita desde 2008 com o Projeto Brasil em Metzingen, Alemanha. Através de visitas mútuas e troca de ideias, os organizadores e visitantes vêem regularmente novas perspectivas para a solução de problemas sociais.


A cooperação com a Secretaria de Desenvolvimento, Trabahlo e Empreendedorismo da Prefeitura de São Paulo existe desde 2014 e tem como objetivo a criação de oportunidades de trabalho em São Paulo por meio da agricultura urbana.


A Horizonte Fértil, uma empresa de biotecnologia da área de tratamento de resíduos orgânicos, e a CIDADES SEM FOME trabalham juntos na otimização de tecnicas de compostagem.


CIDADES SEM FOME é parceiro associado do projeto piloto Roof Water Farm da Universidade Tecnica de Berlim. Nessa cooperação desenvolvemos concepções inovadoras da agricultura urbana para o contexto brasileiro.

A CIDADES SEM FOME já foi apoiada por:

Essas organizações nós apoiamos no passado.


O Consulado Geral do Japão em São Paulo tornou possível a compra de várias máquinas agrícolas para CIDADES SEM FOME.


A Embaixada da Nova Zelândia ajudou a CIDADES SEM FOME na construção de uma estufa agrícola.


Com o auxílio da Embaixada da Suíça, a CIDADES SEM FOME lançou o Projeto Estufas Agrícolas.


A Fundação Interamericana apoiou a CIDADES SEM FOME e financiou maquinários, veículos, materiais permanentes, insumos, custos com funcionários e administração.


A Petrobrás apoiou CIDADES SEM FOME de diversas maneiras, entre 2005 e 2010 tais como: aquisição de máquinas e recursos humanos.
Hoje em dia a empresa, parcialmente estatal, fornece lotes para a criação de hortas comunitárias.